Você sabe o que é Neurocoaching?

Você sabe o que é Neurocoaching?

Por: Psicóloga e Neurocoach Fabiana Pereira- CRP nº  06/119536

Neurocoaching é um programa de formação e certificação profissional, no qual reúne três frentes de conhecimento, a psicologia, a neurociência e o coach.

A psicologia ajuda a entender um pouco do desenvolvimento emocional e de cada uma  das emoções que a gente produz e reproduz no dia a dia, por exemplo, no ambiente de trabalho, nas relações familiares, em uma entrevista de emprego, em um atendimento psicoterapêutico e em qualquer outra situação em que é preciso se relacionar com a emoção diante do mundo.

Já a neurociência, visa trabalhar um pouco do desenvolvimento do sistema nervoso central, o que na prática quer dizer, como o nosso cérebro percebe essa emoção e como ele transforma isso em uma reação física. A neurociência estuda o momento em que o cérebro processa uma determinada emoção e transfere para o corpo todas as respostas emocionais que podem ser traduzidas, em nervosismo, ansiedade e medo, emoções essas que muitas vezes nos impedem de conseguir produzir novos resultados.

E por último o coach, que é um conceito americanizado, que traduzindo para o português significa orientar, que é um pacote de ferramentas e estruturas especialmente desenvolvidas para produzir novos resultados, que podem ser aplicados em especial, em ambientes profissionais, no consultório psicoterapêutico e em relações sociais. O principal
objetivo do coach é fazer com que de maneira estruturada, você consiga desenhar o seu processo de mudança. E aí que vem a palavra Neurocoaching, na qual ocorre a compreensão de como a emoção funciona, como o cérebro responde a ela, possibilitando a estruturação um processo de mudança que seja compatível, com a emoção e com a maneira como o corpo reage, tendo como consequências novos resultados.

Qual o Objetivo do Neurocoaching?

O principal objetivo do neurocoaching, que vai além do coach tradicional, é formar profissionais para que  aprendam a lidar com a própria emoção e a emoção do outro. Dentre estes profissionais, estão: profissionais que trabalham com recursos humanos, pedagogos, psicopedagogos, terapeutas, psicólogos, advogados, terapeuta ocupacional, assistente social, enfermeiros e nutricionistas. Nesta perspectiva, os profissionais poderão não só aplicar as técnicas em si mesmo, como também no outro, na qual aliam a resposta emocional, o desenvolvimento e a resposta do sistema nervoso central, gerando reações físicas associadas a uma ferramenta que produz novos resultados no ambiente de trabalho.

Importante saber:

É importante ressaltar que o neurocoaching apesar de ter a psicologia como uma das frentes de conhecimentos, não se trata de processo terapêutico. As psicoterapias são exercidas por profissionais das áreas de psicologia.
O Neurocoaching não é tão profundo como uma psicoterapia, pois seu foco está nas questões atuais, mudança de comportamento, gestão de carreira e planejamentos futuros do Coachee.

Até o próximo artigo!

Fabiana Pereira
Fale com a autora: fabi_pereira_@hotmail.com